By Vitor Bruno / Novidades / 0 Comments

Qual a importância da identidade visual para sua empresa?

Várias coisas são necessárias para criar e manter uma pequena empresa em funcionamento lucrativo: capital, fluxo de clientes, uma abordagem de vendas inovadora, entre outros. No entanto, em um mercado cada vez mais competitivo, criar uma identidade visual é uma tarefa indispensável para impactar novos compradores e posicionar seu empreendimento no mercado. Descubra no post de hoje a importância da identidade visual e fique de olho nas minhas dicas práticas para desenvolvê-la de forma marcante em sua empresa!

Afinal, o que é uma identidade visual?

Sua empresa, assim como você e as pessoas à sua volta, precisa de uma identidade própria: algo que a defina e a torne única. No contexto empresarial, a identidade visual é o conjunto de símbolos e elementos, principalmente gráficos, que é concebido para representar os valores e ideais do empreendimento e apresentá-los ao cliente.

Fazem parte desse conjunto itens como a logo, a tipografia, as cores escolhidas e o modo como interagem, os materiais promocionais (cartões de visita, flyers e afins), além de muitos outros elementos presentes no ambiente da empresa.

Qual é a importância da identidade visual para meu empreendimento?

Criar uma identidade gráfica equilibrada, marcante e versátil é o primeiro passo para transmitir confiança e estabilidade ao cliente, além de facilitar a identificação da sua empresa nos mais variados locais. Pense no case da Coca-Cola: o rótulo vermelho com a clássica tipografia em branco é reconhecível à distância, em qualquer lugar do mundo, fixando a marca na memória visual dos clientes e ajudando a gerar bilhões de dólares por ano em vendas.

Como criar uma identidade visual de qualidade?

Tudo começa com o desenvolvimento de seu logotipo: pense nos valores que sua empresa possui, na missão e nos ideais que quer transmitir. Tente desenvolver uma imagem simples e de fácil reprodução em variados tamanhos, combinada com uma tipografia adequada, sem “firulas”. No mundo do design, menos é mais.

O próximo passo é a escolha da paleta de cores a ser aplicada em toda a comunicação visual. As cores têm uma importância vital em qualquer área, e cada uma desperta uma reação específica em quem as vê. É importante pesquisar bem os significados evocados por cada uma para saber qual usar, de acordo com fatores como seu público-alvo e área de atuação.

Um exemplo prático desta aplicação: empresas de construção civil dão preferência a cores sisudas e sólidas, como tons escuros de azul, preto e cinza. Já companhias alimentícias focam em tons energéticos, que atraem atenção e despertam o desejo de compra, como vermelho, amarelo e laranja.

Outros passos incluem padronizar os impressos promocionais da empresa e estabelecer um padrão diferenciado na decoração da loja física, por exemplo (busque inspirações observando projetos de fachadas comerciais). Se você tem uma loja virtual, refaça o layout: tudo tem de seguir o padrão definido, com vistas a transmitir a mensagem que sua empresa quer passar.
Fonte: Guia Empreendedor